Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

UB pede apuração sobre caso do patrocínio da Enel em Barbalha

Legenda pede afastamento de deputado da CPI da Enel até o fim das investigações

(Foto: reprodução/Instagram)

22/04/24 20:31

O União Brasil formalizará, nesta terça-feira (23), na Assembleia Legislativa do Ceará (Alece), um pedido de afastamento do deputado estadual Fernando Santana (PT) da presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Enel, na Casa Legislativa. O pedido acontece mesmo após o presidente da Enel no Ceará, José Nunes, em entrevista exclusiva ao portal CN7, ter negado que tenha recebido solicitações de patrocínio por parte de Fernando Santana e José Guimarães.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

O pedido apresentado pelo presidente estadual do União Brasil no Ceará, Capitão Wagner; pelo líder do partido na Alece, Sargento Reginauro; e pelo deputado estadual Felipe Mota se baseia em uma entrevista do prefeito de Barbalha, Guilherme Saraiva, que supostamente teria declarado que a solicitação de um patrocínio no valor de R$ 1 milhão para o custeio da festa de Santo Antônio à Enel teria Fernando Santana e José Guimarães como intermediadores. Eles pedem a convocação do prefeito Guilherme Saraiva e o afastamento de Fernando Santana da presidência da CPI da Enel até o fim das investigações. Além disso, legenda também quer que o Ministério Público do Ceará (MPCE) investigue o caso.

Presidente da Enel nega

A informação da suposta participação de Fernando Santana e José Guimarães como intermediadores do patrocínio foi negada pelo presidente da Enel, que disse não ter tido contato com ambos os parlamentares. Além disso, José Nunes esclareceu que nenhum recurso foi liberado pela empresa para o evento e que o caso ainda está em análise.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Portal CN7 (@oficialcn7)

Prefeito de Barbalha também nega

O prefeito de Barbalha, Guilherme Saraiva, publicou um vídeo nas redes sociais também negando a informação. O chefe do Executivo municipal disse que o vídeo teria sido editado por adversários políticos. Para este ano, o investimento previsto para a realização da festa de Santo Antônio é de R$ 4 milhões.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

LINKS PATROCINADOS