sete dias sem medo da notícia
Escândalo
TJCE cria 430 novas vagas, sendo 10 para desembargadores, aumentando de 43 para 53
As informações são da colunista Carolina Brígido, do Uol
Por : Redação CN7
18/10/21 15:43

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) aprovou, em sessão plenária realizada nesta segunda-feira (18), encaminhar um projeto de lei para a Assembleia Legislativa do Estado (AL-CE) que aumenta o número de desembargadores da Corte de 43 para 53. A proposta cria, ao todo, 430 novas vagas para a primeira e segunda instâncias. Em caso de aprovação, a proposta custará R$ 50 milhões por ano, iniciando a partir de janeiro do próximo ano. As informações são da colunista Carolina Brígido, do Uol.

Segundo informações da colunista, o placar final terminou com 26 votos à favor da proposta e 9 contrários. Ao fim da sessão, a presidente do tribunal, Maria Neide Pinheiro Nogueira, citou uma fase de madre Teresa de Calcutá: “Por vezes, sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar, mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota”, disse. A justificativa utilizada para a ampliação dos cargos é o recente aumento do acervo do tribunal. “O crescimento da demanda é da ordem de 93% de 2017 para 2020, elevando a carga de trabalho de cada desembargador em 46% no mesmo período”, escreveu a presidente do TJ na mensagem que será enviada à Assembleia Legislativa.

Ainda de acordo com o Uol, a proposta prevê a criação de cargos em comissão de assessor de desembargador e de técnicos judiciários para atuar nos gabinetes que seriam criados. O texto prevê, ainda, a criação de vagas na primeira instância, sendo 14 para juízes.

A iniciativa da proposta foi do Tribunal de Justiça, por meio da presidente Maria Neide Pinheiro Nogueira.

LINKS PATROCINADOS