X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Theophilo vai mirar fundo em crime do colarinho branco e tráfico de drogas no Ceará
General investigará Danilo Serpa, do Complexo Industrial e Portuário do Pecém
Presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém, Danilo Serpa

O futuro secretário Nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theophilo, já deixou bem claro — em entrevista publicada na Folha desta quarta-feira (5) — que vai focar seu trabalho para combater crimes do colarinho branco e tráfico de drogas. No Ceará, o alvo é Danilo Serpa, presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Theophilo irá investigar o uso do porto para exportar drogas que chegam ao Ceará.

Em tempo

O general também tem a mira voltada para aeroporto clandestino próximo à imagem de Santa Edwiges, que é ponto usado por carteis e facções para o desembarque de drogas no Estado. Posteriormente, ela é exportada pelo Porto do Pecém

Em tempo II

Confira algumas falas de Guilherme Theophilo na entrevista à Folha:

* “E não é só pegar o traficante, é pegar o colarinho branco. Tenho certeza que, com o ministro Sergio Moro, vamos pegar o alto escalão que coordena, que são os grandes barões da droga”.

* “Eu acho que tem envolvimento de gente grande, gente do colarinho branco. Com certeza temos políticos, juízes e militares, tanto das forças auxiliares como das Forças Armadas. Então, a sociedade está contaminada. Nós temos de prender essas pessoas que dominam, que são os mais inteligentes”.

* “Sim, eu vi municípios no interior do Ceará que quem domina é o traficante. O ídolo do município é o traficante. Porque ele defende que ninguém entre lá. Se roubam uma moto, ele descobre e faz justiça com as próprias mãos. E participaram da campanha eleitoral, elegendo políticos. Então, nós temos de pegar quem está usando o crime organizado para se eleger”.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também