sete dias sem medo da notícia
Propina
Temer vira réu pela 4ª vez, dessa vez por reforma na casa da filha Maristela
Filha, João Batista Lima Filho e sua esposa, Maria Rita Fratezi, também são réus
Por : Redação CN7
04/04/19 20:21

A Justiça Federal em São Paulo acatou nesta quinta-feira (04) uma nova denúncia contra o ex-presidente Michel Temer. O emedebista é acusado de lavagem de dinheiro em um esquema que envolveu a reforma da casa de sua filha, Maristela Temer, no bairro de Alto de Pinheiros, em São Paulo.

O ex-presidente se torna réu pela quarta vez.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou na terça -feira (02) e juiz Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, acatou. Além de Temer, também se tornaram réus a filha, Maristela, o amigo pessoal, João Batista Lima Filho e sua esposa, Maria Rita Fratezi.

Denúncia

De acordo com a denúncia, a reforma da casa de Maristela custou R$ 1,6 milhão e foi feita com dinheiro de propina e desvios nas obras da Usina Nuclear de Angra 3, em Angra dos Reis (RJ).

As mesmas obras foram investigadas na Operação Descontaminação, um desdobramento da Lava-Jato no Rio de Janeiro e que chegou a levar Michel Temer para a cadeia, em 21 de março.

 

LINKS PATROCINADOS