Sete dias por semana sem medo da notícia!
Tasso Jereissati afirma que reforma tributária não deve ser votada neste ano
Tasso Jereissati
Ouça a matéria

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) declarou nesta quinta-feira (25) que a proposta de reforma tributária, em tramitação no Congresso Nacional, não deve ser votada este ano. Segundo ele, além da pandemia que dificulta as votações na Câmara e no Senado, não há um acordo entre o poder público das três esferas (municipal, estadual e federal) e os empresários sobre qual a melhor reforma.

“Nunca uma reforma desse tipo partiu do Congresso. É natural que o Executivo envie a proposta, afinal a Receita Federal é quem deve fazer os cálculos. Mas, o ministro Paulo Guedes não tem interesse em uma proposta ampla que mude o sistema de tributação. Ele quer apenas criar uma nova CPMF e desonerar a folha de pagamentos das empresas”, afirmou o senador cearense.

A fala foi dita durante reunião virtual realizada pela CDL Fortaleza, presidida pelo empresário Assis Cavalcante.

Durante a videoconferência, Tasso comentou a importância da aprovação do marco legal do saneamento básico (P. 4.162/2019), do qual foi relator. “Agora, com esse marco legal não há nenhum país do mundo com um mercado tão grande para receber investimentos”, comentou.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também