sete dias sem medo da notícia
Tasso espera pedido de desfiliação de Maia Junior e Beto Studart do PSDB
Por : Redação CN7
14/10/17 13:27

O presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati, não irá se trocar com o “boquirroto” Ciro Gomes, que o atacou com mentiras e deslealdade na convenção regional do PDT. Essa tarefa caberá a dirigentes tucanos do Ceará. Tasso considera hoje Ciro um político digno de pena e de atenção, pois “está morrendo pela boca”.

E a cada dia perdendo relevância eleitoral, tanto que, no Estado, Ciro perde nas pesquisas eleitorais para Lula, Marina, Bolsonaro e só empata com Geraldo Alckmin.

Já em relação a Maia Junior – sua empresa que prestava serviços à Oi enfrentou problemas e ele precisava de uma posição no mercado de trabalho – Tasso aguarda que ele tenha uma atitude nobre e peça para se desfiliar do PSDB. Se demorar a fazer isso, sofrerá com o constrangimento de uma expulsão.

Maia nunca foi uma indicação de Tasso ou do PSDB cearense para a secretaria de Planejamento. O próprio Maia reconhece que está na função como pessoa física e não militante tucano. Ao comunicar que iria para o cargo a Tasso, o senador disparou: você é de maior e sabe o que é certo ou errado. A frase foi um rompimento da relação política entre eles.

Quanto ao presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Beto Studart, que declarou apoio à reeleição do governador Camilo Santana, a direção regional do PSDB cearense espera dele um comportamento ético e que ele saia o mais rápido possível do partido. Beto deve se filiar ao PSC, por onde quer ser candidato ao Senado na chapa do Governador e em dobradinha com Cid Gomes.

LINKS PATROCINADOS