Tasso defende programa partidário e não se arrepende de conteúdo divulgado

Tasso Jereissati

18/08/17 15:28

O presidente nacional interino do PSDB, Tasso Jereissati, afirmou, nesta sexta-feira (18), não se arrepender do conteúdo programa partidário divulgado ontem pela sigla. “Eu não me arrependo de nada. Tenho responsabilidade total pelo programa”. A peça causou atritos com o presidente Michel Temer (PMDB) e com a ala governista da sigla.

Na peça, sem citar nomes, o PSDB faz uma autocrítica e admite também ter cedido ao fisiologismo e ao “presidencialismo de cooptação”, no qual o presidente compra apoio no Congresso Nacional através da troca de favores, como emendas parlamentares e cargos públicos. A fala acabou causando desconforto junto ao Palácio do Planalto, mas quem ficou mais incomodado foram os tucanos que defendem a permanência do partido na base de Temer.

Desde quando assumiu a presidência interina do partido, Tasso defende o desembarque da base de Temer e a entrega dos quatro ministérios comandados por tucanos. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso apoiou a iniciativa do senador cearense, mas cresceu, dentro da sigla, o movimento que tenta tirar Tasso da presidência.

“Eu sou presidente interino. Enquanto eu for presidente interino, eu dou orientação”. Tasso defende ainda que a população quer atualmente “ver posições diferentes” diante da atual crise política.

LINKS PATROCINADOS