sete dias sem medo da notícia
Tasso afirma estar lutando contra a máquina de Temer dentro do PSDB
Tasso Jereissati
Por : Redação CN7
09/11/17 18:33

O senador Tasso Jereissati (PSDB) afirmou, nesta quinta-feira (9), estar travando, dentro do PSDB, uma luta contra o máquina pública federal, nas mãos do presidente Michel Temer (PMDB), que pressionou a ala governista tucana, comandada pelo presidente da sigla, Aécio Neves, para que o destituísse da presidência interina da legenda.

O senador cearense destacou ainda a hipocrisia de Aécio que usou a desculpa da “isonomia” na disputa pela presidência do PSDB para tirar Tasso do cargo. Aécio comandou a sigla durante a sua própria reeleição no comando e ainda na convenção que prorrogou o seu mandato. Tasso confirmou ontem (8) que irá concorrer à presidência do PSDB, que será definida em dezembro.

“Ele não está pensando no coletivo do partido há muito tempo, desde quando ele está agarrado na presidência sabendo que ele ficando na presidência não traria nenhuma vantagem para o partido nesse momento. Se ele estivesse pensando no coletivo do partido, isso não estaria acontecendo hoje, nem essa crise [interna]”.

Esse não é o meu PSDB

Tasso Jereissati voltou a afirmar que o “PSDB desses caras não é o meu PSDB”. Com o “golpe” de Aécio, a sigla acabou se apresentando ainda mais como um braço do governo Temer, que luta para se manter no cargo e “estancar” a Lava Jato. Aécio é o principal fiador da manutenção do PSDB na base de Temer, e os ministros tucanos estão ao lado do senador mineiro na ala governista.

Confira na íntegra

LINKS PATROCINADOS