Sete dias por semana sem medo da notícia!
Superlotação na Emergência faz Santa Casa de Sobral rejeitar pacientes por 48h
Santa Casa de Sobral (Foto: Wellington Macedo)
Ouça a matéria

A direção da Santa Casa de Sobral baixou determinação, nessa quinta-feira (24), encaminhada ao secretário de Saúde do Município, Gerardo Cristino, informando que devido à superlotação irá rejeitar paciente por 48 horas.

Segundo o documento, eles só receberão pessoas que se enquadrem no perfil de classificação vermelha, ou seja, em extrema gravidade.

Wellington Macedo, em reportagem, apurou que dezenas de pacientes foram rejeitados pelo setor de acolhimento. Os funcionários mandavam os pacientes procurarem o Hospital Regional Norte.

Absurdo

Uma senhora de 75 anos deu entrada com AVC na madrugada de segunda-feira (21), na Santa Casa, e recebeu alta na quarta-feira (23). De acordo com familiares, a paciente estava com sequelas e não deveria ter recebido alta. Filhos e netos transportaram a senhora para o Piauí onde a internaram em um hospital público.

Ainda segundo Wellington Macedo, o coordenador da Emergência da Santa Casa, Mauro Rios, nega que o hospital esteja dando alta antecipada a pacientes para liberar leitos.

Leia a transcrição do documento

Considerando a condição de superlotação do Serviço de Emergência da Santa Casa de Misericórdia de Sobral com pacientes internados, além do que suporta a nossa capacidade instalada, sem estrutura extra de ponto de oxigênio, macas hospitalares e ausência de leitos de retaguarda interno e externo;

Considerando a necessidade de garantir assistência segura e de qualidade aos pacientes que adensam a nossa unidade;

Vimos comunicar que estaremos restringindo a admissão de pacientes que não se enquadrem no perfil de classificação vermelha;

A supracitada medida terá duração e 48 horas ou até que todos os pacientes atualmente internados sejam adequadamente assistidos e, responsavelmente regulados.

Confira o documento

Veja o vídeo

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também