Sudene aprova R$ 123,9 milhões do FDNE para Complexo Solar de Bom Jardim no Ceará

Dois parques do grupo Qair International serão instalados no município de Icó

(Foto: reprodução)

04/12/23 13:53

A Diretoria Colegiada da Sudene aprovou o financiamento de R$ 123,9 milhões para dois parques solares fotovoltaicos de geração de energia no Ceará, através do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE). Os recursos serão investidos na instalação das empresas Bom Jardim Energia Solar 1 e 3 SPE, do grupo Qair International, no município de Icó. O total do investimento nas duas plantas é de R$ 383,3 milhões.

Participe do grupo do CN7 no WhatsApp

“O FDNE é um importante instrumento para a atração de investimentos para a nossa região e tem dado uma expressiva contribuição para a melhoria da infraestrutura. É, por exemplo, o principal financiador da Ferrovia Transnordestina. Além disso, tem papel importante para a transição energética do nosso país”, afirma o superintendente da Sudene, Danilo Cabral. Ele destaca que 83% da energia renovável do Brasil são produzidas no Nordeste. “E a Sudene, através de seus instrumentos com o FDNE e o FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste), é responsável pelo financiamento de grande parte desses investimentos em energia solar fotovoltaica e eólica”, diz.

Os dois parques farão parte do Complexo Fotovoltaico Bom Jardim, que contará com um total de 10 SPEs. De acordo com informações da empresa, o complexo deve gerar 700 empregos diretos na fase de implantação, além de outros 100 empregos indiretos em outros segmentos impactados, como hospedagem, alimentação, postos de gasolina, locação de residências, prestação de serviços gerais e entre outros.

“O Complexo de Bom Jardim será interligado com o Porto de Pecém e contribuirá para os futuros projetos de produção de hidrogênio verde”, ressaltou o diretor de Gestão de Fundos e Incentivos Fiscais da Sudene, Heitor Freire. A grupo Qair International é a empresa que lançou a primeira molécula de hidrogênio verde no Ceará. “Esses investimentos falam para o futuro, têm capacidade de produzir mais negócios, que irão impactar positivamente no desenvolvimento econômico da região”, acrescentou.

Os dois parques de geração da Bom Jardim Energia Solar serão equipados, cada um, com módulos fotovoltaicos que totalizam uma capacidade instalada de 59,6 MWp em geração primária (Corrente Contínua) e 48,118 MW na saída dos inversores (corrente alternada). 1.8. O valor do financiamento pelo FDNE, para cada parque solar, representa cerca de 32% do valor a ser investido. O agente operador do financiamento será o Banco do Nordeste.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

O FDNE é um fundo que tem como objetivo assegurar recursos para a realização de investimentos nos 11 estados da área de atuação da Sudene, em infraestrutura e serviços públicos e em empreendimentos produtivos com grande capacidade germinativa de novos negócios e novas atividades produtivas. É destinado a empreendimentos de interesse de pessoas jurídicas que venham a ser implantados, ampliados, modernizados ou diversificados que estão sob a abrangência da Sudene. Para 2023, o FDNE tem um total de 1,5 bilhão para investimentos.

LINKS PATROCINADOS