Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

SSPDS afirma que pessoas presas não tem relação com chacina de Aracoiaba

Três foram presos em flagrante por crimes de tráfico de drogas e por integrar facção

Foto: reprodução/redes sociais

19/02/24 14:44

Ainda no domingo (18), dia seguinte ao registro da Chacina de Aracoiaba, a Polícia Militar do Ceará (PMCE) conduziu cinco pessoas à Delegacia. Três deles foram autuados em flagrante por crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e por integrar organização criminosa. A informação preliminar, repassada por um veículo de comunicação, era que as prisões possuíam relação com as quatro mortes registradas na noite de sábado (17), mas a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou: “segundo apurações preliminares, os suspeitos não teriam relação com mortes registradas em Aracoiaba na noite desse sábado (17)”.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

A SSPDS informa que equipes das Forças de Segurança do Ceará seguem em diligências ininterruptas, com o intuito de elucidar as mortes de quatro pessoas. Conforme as primeiras informações, as vítimas, quatro homens com idades de 24, 25, 36 e 48 anos, foram atingidas por disparos de armas de fogo. Entre elas, o secretário de obras públicas recém-empossado. O crime aconteceu em um estabelecimento comercial na zona rural, na localidade de Arraial de Santa Isabel. Equipes da PMCE e Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas e colheram indícios que subsidiarão as investigações.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Foi cumprido um mandado de prisão preventiva por crime de homicídio. A arma apreendida com o trio será periciada. Os suspeitos encontram-se à disposição da Justiça. As Forças de Segurança seguem em diligências, visando localizar e capturar os suspeitos para elucidar a ação criminosa registrada em Aracoiaba.

LINKS PATROCINADOS