Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Secult Ceará oferta mais de 50 vagas de capacitação e formação

Fortalecendo os compromissos com a diversidade

Foto: Governo do Ceará

14/05/24 8:07

A Secretaria da Cultura do Ceará (Secult Ceará), está ofertando 59 vagas, distribuídas em áreas de atuação como gastronomia, audiovisual, música, teatro, produção cultural, dança e patrimônio, estão disponíveis na Rede Pública de Equipamentos Culturais do Ceará (Rece). Os programas “Temporada de Arte Cearense” e “Ceará Criativo — Movimenta Ceará” também reúnem uma série de oportunidades em espaços independentes espalhados por capital e interior.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Veja os locais com vagas:

A Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB) seleciona três projetos para a 7ª edição do Laboratório de Criação em Cultura Alimentar e Gastronomia. Gratuitas, as inscrições podem ser realizadas até 5 de junho. Serão priorizados candidatos que integrem e/ou representem coletivos, comunidades, associações, cooperativas e grupos, formais ou informais, vinculados às áreas de cultura alimentar e gastronomia social. O Laboratório de Criação conta com duração aproximada de oito meses.

As propostas selecionadas serão acompanhadas por mentoria e cada pessoa escolhida receberá ajuda de custo de R$ 1.200 por até oito meses seguidos, totalizando R$ 9.600.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Até 17 de maio, artistas, grupos e técnicos/as da cultura podem enviar propostas para participar da 5ª edição do programa Zona de Criação. Serão escolhidos quatro roteiros inéditos para a produção de conteúdo audiovisual. A iniciativa busca apoiar a criação e difusão de conteúdo artístico, disponibilizando suporte com equipe audiovisual, consultorias especializadas em roteiros e acessibilidade, estrutura de iluminação e sonorização. As inscrições serão feitas exclusivamente por meio de formulário online.

Inscrições aqui

A Escola Porto Iracema das Artes recebe inscrições para a 12ª edição dos Laboratórios de Criação até 24 de maio. Os Laboratórios abrem caminho para artistas — que já tenham experiência — produzirem seus projetos nas linguagens “artes visuais”, “audiovisual”, “dança”, “música” e “teatro”. Serão selecionados 32 projetos. Durante a participação no laboratório, as pessoas participantes recebem orientação de tutores especialistas em cada área, além de oficinas, palestras e aulas abertas. A formação conta com bolsa pesquisa no valor de R$ 1.000 durante os sete meses de atividade do curso.

Fortalecendo os compromissos com a diversidade e a inclusão no âmbito das políticas públicas de cultura, o processo seletivo garante a cota de 50% de projetos para artistas do interior do Ceará e a destinação de metade das vagas, para pessoas autodeclaradas pretas, pardas, indígenas, quilombolas, transgêneros e com deficiência.

LINKS PATROCINADOS