Sete dias por semana sem medo da notícia!
Secretário do Meio Ambiente do Ceara repudia declarações de ministro Ricardo Salles
Ouça a matéria

O secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno, classificou como desrespeito as declarações do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, durante reunião ministério de 22 de abril, divulgada neste semana.

Em sua fala, Salles sugeriu aproveitar a pandemia do coronavírus para mudar o regramento e simplificar normas.

“No momento em que a maior parte da sociedade está preocupada com questões como o aquecimento global, o combate ao desmatamento, a preservação da biodiversidade, a ampliação da cobertura vegetal, a despoluição do ar e da água, a coleta seletiva de resíduos sólidos, é lamentável que a maior autoridade do meio ambiente do país se posicione de forma tão desrespeitosa. A Constituição determina que a Amazônia é um bioma que deve ser preservado. A humanidade está preocupada com o desmatamento da Amazônia. Ao propor o afrouxamento da legislação ambiental, o ministro parece defender outros interesses, bem diferentes dos ideais ecológicos”, ressalta Artur Bruno.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também