sete dias sem medo da notícia
Balanço
Roubos e furtos de veículos apresentam queda de 10% no estado do Ceará
O período levado em consideração foram os meses de janeiro à setembro deste ano
(Foto: divulgação/SSPDS)
Por : Redação CN7
25/10/21 19:12

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgou nesta segunda-feira (25) um balanço sobre os crimes de roubos e furtos de veículos no Estado do Ceará. Segundo a SSPDS, o número de roubos e furtos de veículos caiu de 9.843 para 8.845 entre os meses de janeiro à setembro deste ano. Os dados representam um queda de 10% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados são compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp).

O Ceará registrou, no ano passado, 6.777 roubos de veículos entre os meses de janeiro à setembro. Neste ano, no mesmo recorte, o número caiu para 5.990, uma retração de 11,6%. Em relação aos furtos de veículos, a redução foi de 3.066, em 2020, para 2.855, nos primeiros nove meses deste ano, apresentando uma queda de 6,9%.

“A queda dos índices dos roubos e furtos de veículos é fruto do intenso trabalho da DRFVC, tendo em vista que com o indiciamento e pedido de prisão dos infratores, é inibida consideravelmente a prática desses delitos. Assim que tomamos conhecimento dessas ocorrências, damos início à investigação, identificamos os autores, realizamos os pedidos de prisões, para que a prática seja coibida”, ressaltou o delegado adjunto da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) da Polícia Civil, Rafael Biazzi. Ainda de acordo com o delegado, outra ação que tem resultado na diminuição do roubo e furto de veículos é a fiscalização em sucatas e as investigações a fim de localizar os receptadores desses veículos.

Uma outra ferramenta utilizada é o Sistema Agilis. A inteligência artificial faz parte do Núcleo de Videomonitoramento (Nuvid) da SSPDS. “O Agilis capta as imagens dos veículos, emite um alerta, sendo estes então monitorados pelas câmeras do videomonitoramento. Depois disso, é realizada a imediata abordagem pelas forças policiais. Essa integração entre a tecnologia e as Forças de Segurança é um diferencial do Ceará”, explicou o tenente-coronel Eduardo Montenegro, supervisor do Nuvid.

Atualmente, o Ceará conta com mais de 3.300 câmeras integradas à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da SSPDS.

LINKS PATROCINADOS