Sete dias por semana sem medo da notícia!
Renato Gaúcho declara apoio a Bolsonaro e Sergio Moro em entrevista à Folha
´"Quem é contra esses caras é contra o crescimento do Brasil", declarou
Renato Gaúcho, treinador do Grêmio. Foto: Reprodução / Folha de São Paulo

O técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, ontem (7), em entrevista à Folha de São Paulo, comentou a respeito de diversos assuntos, e confessou seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Afirmou também não encontrar problemas em gays fazerem parte do mundo futebolístico.

O treinador do Tricolor do Rio Grande do Sul sempre foi polêmico, e nunca teve papas na língua. Sem ficar em cima do muro, declarou: “Votei nele. É meu presidente. O Bolsonaro e o Sergio Moro são pessoas do bem que querem o bem do Brasil. Na minha opinião, quem é contra esses caras é contra o crescimento do Brasil”.

Além do lado político, comentou a respeito da sexualidade de atletas: “O que eu acho é o seguinte: se tem um gay na música é normal, se tem um gay ator é normal, se tem um gay em qualquer outra profissão é normal. Mas se tem um gay no futebol, vira notícia mundial. Por quê? Não entendo isso”. Renato Gaúcho encerrou dizendo “eu quero é que ele jogue”, afirmando que não teria problemas em treinar um atleta homossexual.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também