Hidrogenio verde e o combustivel do futuro

Relógio de luxo perdido no Aeroporto de Fortaleza é encontrado em João Pessoa

Ficar com bens perdidos ou esquecidos por seus donos, sem devolução, configura crime

Foto: Polícia Civil do Ceará

09/07/2024 10:21

Um relógio de luxo, avaliado em R$ 100 mil, foi perdido no Aeroporto de Fortaleza. Após investigação da Polícia Civil do Ceará (PC-CE), o acessório foi encontrado em João Pessoa, na Paraíba. O caso aconteceu na última sexta-feira (5) e registrado na Delegacia do Aeroporto de Fortaleza, no bairro Serrinha. A joia de marca francesa foi restituída no prazo legal, sem imputação criminal à pessoa que encontrou o relógio.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

A vítima, residente nos Estados Unidos da América (EUA), estava em Fortaleza, embarcando com destino a São Paulo, na madrugada de 1º de julho, quando, durante o processo de embarque, retirou o relógio do pulso e inadvertidamente o esqueceu ao passar pelo raio-x. Após registrar o extravio do bem por meio de um Boletim Eletrônico de Ocorrência (BEO) na Delegacia Eletrônica (Deletron), a vítima solicitou a busca das imagens de segurança para localizar o relógio.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

As equipes da Delegacia do Aeroporto investigaram até identificar a pessoa que inadvertidamente havia levado a joia para João Pessoa, na Paraíba. A Polícia Civil enfatiza que objetos encontrados em aeroportos ou em qualquer local devem ser entregues às autoridades policiais. A apropriação de bens perdidos ou esquecidos por seus donos, sem devolução ou entrega às autoridades competentes, configura crime conforme o artigo 169 do Código Penal Brasileiro.

LINKS PATROCINADOS