Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

TCU aponta que quase metade das obras federais no CE estão paralisadas

Estado é o quinto do País com maior quantidade de obras federais paralisadas

Big yellow stopped excavator at the construction site. (Foto: banco de imagens)

05/01/24 16:08

Um relatório divulgado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) aponta que quase metade das obras federais realizadas no Ceará estavam paralisadas. Das 1.390 obras, 574 estavam paradas, o que corresponde a 41,3%. O Estado é o quinto do País com maior quantidade de obras federais paralisadas. À frente estão Maranhão (879), Bahia (840), Pará (674) e Minas Gerais (628).

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Dentre esses estados, o Ceará aparece como o terceiro que mais desperdiçou recursos em obras paralisadas. Foram R$ 458 milhões. Minas Gerais desperdiçou mais de R$ 680 milhões e a Bahia R$ 619 milhões.

Em comparação aos últimos três anos, a porcentagem de obras paralisadas aumentou de 29%, em 2020, para 41% em 2023. No mesmo período, a quantidade total de obras diminuiu significativamente (6.119 obras a menos), apesar do aumento do investimento previsto. O valor total de recursos investidos passou de R$ 75,95 bilhões em 2020, para R$ 113,65 bilhões em 2023.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

As obras paralisadas incluem a construção e ampliação de escolas, estradas e hospitais, entre outros. Entre os setores, o mais prejudicado é o da educação básica, com 3.580 obras paralisadas. Em seguida, o de infraestrutura e mobilidade urbana, com 1.854 empreendimentos parados. Na saúde, são 318 obras inacabadas.

LINKS PATROCINADOS