Sete dias por semana sem medo da notícia!
Reitores do Ceará defendem funcionamento e mobilização dos cursos da área de saúde
Decreto estadual suspendeu aulas até o dia 30 de abril
Ouça a matéria

Integrantes do Conselho de Reitores das Universidades Cearenses (CRUC) defenderam nesta quinta-feira (3) que as universidades não podem ser 100% desmobilizadas nesse período de combate ao coronavírus. Segundo os reitores, os cursos da área de saúde precisam estar funcionando, e com laboratórios que podem colaborar.

Através de vídeo conferência, os reitores das universidades estaduais e federais discutiram com o secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda, o alinhamento das instituições de ensino superior ao decreto do governador Camilo Santana, que suspende as aulas até o dia 30 de abril, e a Medida Provisória que define o novo calendário escolar para 2020, além da resolução do Conselho Estadual de Educação.

A reunião contou com a participação dos reitores da UECE, Jackson Sampaio, da UFC, Cândido Albuquerque, do IFCA, Ricardo Luiz Lange Ness, do IFCE, Virgílio Araripe, da UVA, Fabiano Carvalho, e da Unilab, Roque Nascimento.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também