Sete dias por semana sem medo da notícia!
Reitor da UFC se recusa a colocar nome de Bolsonaro em placa de laboratório
Henry Campos também se esqueceu do ministro Weintraub

O reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Henry Campos, inaugurou laboatório de pesquisas no crepúsculo de seu mandado e se recusou a colocar na placa os nomes do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Henry e Odorico Moraes mesmo sendo inimigos de Bolsonaro e Weintraub confiam na escolha do candidato deles para reitoria da UFC: Cândido Albuquerque.

Em tempo

Henry Campos apóia Cândido. Ambos consideram Bolsonaro louco. E na festa da inauguração do Laboratorio de Pesquisas preferiu a presença do professor Odorico Moraes.

Em tempo II

Henry Campos tem dito que Cândido reitor é a garantia da UFC como trincheira contra as loucuras do Planalto no Ceará. Esse seria o compromisso firmado por Cândido com Henry e Odorico Moraes.

Em tempo III

Lembre-se que Cândido quer ser reitor e assume tudo. A ordem é de seus padrinhos: os Ferreira Gomes.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também