sete dias sem medo da notícia
Reforma da Previdência não obriga trabalho até morrer, esclarece doutor em Economia
Wagner Moura narra vídeo sobre reforma da Previdência.
Por : Redação CN7
22/03/17 9:12

Desde que começaram os debates sobre a Reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional, grupos contrários alertam sobre a mudança na idade mínima para aposentadoria, que iria obrigar os trabalhadores a exercer suas atividades até morrer.

Em artigo publicado na edição desta quarta-feira (22) da Folha de S. Paulo, o ex-diretor de Assuntos Internacional do Banco Central, e doutor em Economia pela Universidade da Califórnia, Alexandre Schwartsman, desmistifica informações sobre a expectativa de vida utilizada como motivação para ataques à mudança.

O especialista cita vídeo onde aparece o ator Wagner Moura narrando que é contra a Reforma da Previdência e declara: “querem que você morra sem se aposentar!”.

Leia um trecho do artigo:

Há um vídeo particularmente desonesto narrado por Wagner Moura, mas isso não chega a me surpreender, dados os nítidos objetivos político-partidários de quem defendia, há não muito tempo, a reforma da Previdência. Nada surpreendente, mas igualmente abominável, é ver economistas atacarem a reforma argumentando, como fez Laura Carvalho, que a expectativa de vida no Brasil é de 75 anos.

Qualquer economista que deseje discutir a questão previdenciária não pode ignorar que a expectativa de vida ao nascer é irrelevante para o tema. O que interessa é a expectativa de vida quando se chega à idade de aposentadoria.

LEIA O ARTIGO NA ÍNTEGRA

LINKS PATROCINADOS