sete dias sem medo da notícia
PT e PSB votam contra auxílio emergencial
Por : Redação CN7
16/03/21 8:36

Os outros três votos contra o retorno do auxílio emergencial foram do PT e do PSB do Ceará. No PT, votaram para que as famílias carentes não recebam esse benefício os deputados José Guimarães e Zé Airton Cirilo. No PSB, deputado Denis Bezerra. Com a repercussão negativa de seu voto, José Guimarães foi às redes sociais explicar que defendia uma auxilio emergencial de R$ 500.

Como o Governo Bolsonaro não aceitou, ficou contra. É a velha historia da esquerda brasileira: quanto pior, melhor. Apostar que com o aumento da miséria, o povo se revolte e vá às ruas protestar contra Bolsonaro. Ou, desesperados, facilitem a volta de Lula para o Planalto.

Tanto Guimarães quanto Zé Airton, ou mesmo Dênis Bezerra, esquecem que milhões de brasileiros estão literalmente passando fome. Sim, esses deputados federais são votados no Cariri. E vão aparecer aqui no ano que vem pedindo o seu apoio.

LINKS PATROCINADOS