sete dias sem medo da notícia
Isenção tarifária
Proposta de Júnior Mano quer proibir bancos de cobrarem tarifa em transações via PIX
O texto tramita na Câmara dos Deputados, em Brasília
Júnior Mano
Por : Redação CN7
15/09/21 18:49

O deputado federal, Júnior Mano (PL), apresentou uma proposta que proíbe os bancos de cobrar tarifa de pessoas naturais e microempreendedores individuais (MEIs) para uso do Pix nas operações de pagamento ou de recebimento de valores, na modalidade de compra ou transferência. O texto tramita na Câmara dos Deputados, em Brasília.

O parlamentar cearense defende que a isenção tarifária deve ser aplicada em qualquer caso, tendo em vista que os valores movimentados são, normalmente, baixos. “Devemos nos lembrar de que estamos tratando de cidadãos brasileiros, muitas vezes desempregados, que utilizam o sistema para receber suas vendas de itens de pequeno valor”, disse. A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Mudança

O projeto altera a Lei 12.865/13, que trata, entre outros assuntos, dos arranjos de pagamento no sistema financeiro. Atualmente, os bancos podem cobrar tarifa dos clientes pessoa natural ou MEI nos casos de recebimento de recursos, com a finalidade de compra. O serviço é gratuito para as demais situações.

Com informações da Agência Câmara.

LINKS PATROCINADOS