sete dias sem medo da notícia
Produção Industrial no Ceará teve maior alta do país em julho
Resultado reflete a ampliação do movimento de retorno à produção
Por: admin
09/09/20 10:07

A produção industrial teve alta no Ceará, de 34,5%, na passagem de junho para julho. O resultado, divulgado hoje (9) pelo IBGE, reflete a ampliação do movimento de retorno à produção de unidades produtivas, após paralisações por conta dos efeitos causados pela pandemia de Covid-19.

As altas mais intensas foram no Ceará (34,5%) e no Espírito Santo (28,3%), mas São Paulo (8,6%), maior parque industrial do país, segue aparecendo como principal influência.

A alta paulista pode ser explicada pelo bom desempenho dos setores de alimentos e de veículos automotores. “São setores influentes na indústria paulista. Também o de máquinas e equipamentos apresentou crescimento importante”, explica o gerente da pesquisa, Bernardo Almeida.

Já o resultado positivo no Ceará, nono local em influência no mês, se dá, segundo Almeida, muito por conta das altas nas taxas do setor de couro, de artigos de viagens, de calçados e de vestuário. “É a terceira taxa consecutiva positiva para o estado, mas ainda abaixo 1% do patamar pré-pandemia”, completa. Já o Espírito Santo soma avanço de 28,6% em dois meses seguidos de crescimento na produção.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
LEIA TAMBÉM