Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

PRF registra menor índice de acidentes no carnaval dos últimos cinco anos

3.447 pessoas foram fiscalizadas nos seis dias de operação

Fiscalização / Foto: PRF Matheus Lino

15/02/24 12:26

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou os dados da Operação Carnaval 2024, nesta quinta-feira (15). Em seis dias de fiscalização reforçada nas rodovias federais de todo o país, os policiais rodoviários federais trabalharam para manter a segurança viária, com atividades que visavam a prevenção de acidentes, mortes e feridos. As ações da PRF para garantir o trânsito seguro incluíam a fiscalização de condutas irregulares de motoristas, que podem representar riscos a outros usuários das rodovias, como a mistura álcool e direção, ultrapassagem indevida e não utilização do capacete de segurança.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Ao todo, 3.447 pessoas foram fiscalizadas nos seis dias de operação, 37 motoristas foram autuados por consumir álcool e dirigir ou por se recusar a fazer o teste de alcoolemia, e 3 acabaram presos por dirigirem embriagados ou apresentarem sinais de alteração da capacidade psicomotora provocada por consumo de álcool. O trabalho de fiscalização da Operação Carnaval também flagrou 231 ultrapassagens indevidas e 97 motoristas e passageiros não utilizando o capacete de segurança. No total, 10 pessoas foram detidas por crimes diversos e encaminhadas à polícia judiciária.

Na Operação Carnaval 2024, realizada entre os dias 9 e 14 de fevereiro, a PRF registrou um total de 12 sinistros nas rodovias federais, resultando em 10 feridos e 3 mortes. As mortes ocorreram em Fortaleza, Coreaú e Jati. Esse número representa o Carnaval com o menor índice de sinistros dos últimos cinco anos, conforme os registros da instituição.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Comparando com o ano anterior, os resultados também são expressivos. Houve uma queda em todos os índices de acidentalidade, destacando-se uma redução de 62% no número total de sinistros, passando de 32 em 2023 para 12 em 2024. Além disso, os sinistros graves também diminuíram em 58%, caindo de 12 para 5. A redução de 74% no número de feridos, de 39 para 10, e a diminuição de 57% nas mortes, de 7 para 3, corroboram a eficácia das medidas adotadas em termos de fiscalização, conscientização e controle do tráfego durante o período carnavalesco.

LINKS PATROCINADOS