sete dias sem medo da notícia
Presidente do PDT é incluído em lista de investigados por receber propina
Ciro Gomes e o presidente do PDT, Carlos Lupi
Por : Redação CN7
23/06/17 12:23

As tentativas de Ciro Gomes de chegar ao Palácio do Planalto começaram em 1998, mas nunca deram certo. Sempre seu nome fica enrolado, direta ou indiretamente, a algum escândalo que mela tudo.

A última, agora, é que Carlos Lupi, presidente do atual partidos dos FGs, e que dá total apoio a Ciro nas eleições de 2018, está enrolado em maracutaias.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal a inclusão do nome de Lupi e de mais 10 pessoas como investigadas em inquérito aberto que compra de apoio de partidos aliados, em 2014, a fim de garantir maior tempo de TV para a chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer.

O apoio, claro, teria sido firmado por pagamento de propina.

Meus irmãos

Ciro disse em entrevista à BBC, em Londres, que todos de sua família são honestos, mas esqueceu que Cid é réu por fazer empréstimo ilegal no BNB; está enrolado por crime ambiental e terá que pagar R$ 6 milhões em multa; e por último, mas não menos importante, recebeu R$ 24,5 milhões em propina da JBS.

Ivo também não fica para atrás, ou Ciro não se lembra do escândalo Marclos Villas-Bôas, em Sobral?

LINKS PATROCINADOS