sete dias sem medo da notícia
Presidente do TRE-CE pede vistas no julgamento da cassação do prefeito de Pacajus
Antes do pedido de Inácio, o placar era de 6 votos contra a cassação, livrando Bruno
Prefeito de Pacajus, Bruno Figueiredo
Por : Redação CN7
11/06/21 11:02

O presidente do TRE-CE, desembargador Inácio Cortez, pediu vistas e suspendeu o julgamento sobre a cassação do prefeito de Pacajus nesta sexta-feira (11). Motivo: foi sugerido por uma das advogadas de acusação que o caso de Bruno seria parecido com o de Parambu, quando os deputados Genecias e Aderlânia Noranha foram cassados pela corte.

Antes da decisão de Inácio Cortes, o placar tinha sido 6 votos contra a cassação, livrando Bruno.

O relator do processo, David Sombra, começou a votação contra a cassação. Depois, foi seguido por:

  • Kamile Moreira Castro
  • George Marmelstein
  • Gladyson Pontes
  • Roberto Viana
  • Eduardo Scorsafava

Em tempo

Na primeira instância, Bruno Figueiredo tinha sido cassado por abuso de poder na eleição de 2020, quando foi eleito prefeito de Pacajus.

LINKS PATROCINADOS