Sete dias por semana sem medo da notícia!
Presidente da OAB-CE é acusado de atitude antidemocrática em exoneração de cargos eletivos
Presidente da OAB Ceará, Erinaldo Dantas
Ouça a matéria

O presidente da OAB do Ceará, Erinaldo Dantas, é acusado nas redes sociais de ter tomado atitude antidemocrática em exoneração de cargos eletivos.

O autor da denúncia é Anderson Feitosa, que foi destituído do cargo de diretor adjunto de Subseções.

Confira

View this post on Instagram

NOTA DE ESCLARECIMENTO Considero ser de suma necessidade expor para a advocacia cearense e toda sociedade, alguns esclarecimentos acerca da atitude antidemocrática perpetrada pelo Presidente da OAB-CE, Dr. Erinaldo Dantas, na última sessão do Conselho, no dia 04.06.2020, que culminou com a “exoneração” de diversos cargos eletivos, inclusive o para qual fui DEMOCRATICAMENTE ELEITO, Diretor Adjunto de Subseções, fato este que contraria frontalmente o Art. 55C do Regimento Interno da OAB-CE. Quero que fique esclarecido para todos que tal fato ocorreu por não me envergar, juntamente com outros colegas de trincheira, também exonerados, aos atos ingerentes e, muitas vezes, não republicanos do atual Presidente, me manifestando sempre pela fala (muitas vezes cortada em épocas de sessões tele presenciais) ou interpondo requerimentos e ações judiciais. São circunstancias das quais jamais poderia me omitir, principalmente em resposta ao voto de confiança que recebi a Advocacia Cearense, em especial da Subseção da qual faço parte e tive a honra de, juntamente com uma Diretoria irretocável, presidir durante 06 anos. Dentre vários fatos, alguns ultimamente incomodaram bastante o Sr. Erinaldo Dantas. A saber: 01) Recomendação de imediata rescisão dos contratos firmados, sem a prévia ciência da Tesouraria, entre a OAB-CE e a Empresa ENGAJA (Prestadora de Serviços de Assessoria de Imprensa, Serviços de Gestão de Redes Sociais e Serviços de Produção Gráfica e Publicidade), no montante exorbitante de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) mensais, importância esta que não reflete a realidade dos valores de mercado, conforme testificamos com propostas recebidas de outras 03 (três) empresas do mesmo ramo, para fins de prestação dos mesmos serviços especificados nos instrumentos contratuais firmados pela OAB-CE no ano de 2019; 02) Apresentamos, no dia 16.09.2019, denúncia contra o presidente da OAB-CE, Erinaldo Dantas, por dispensa discriminatória de 11 empregados da Tesouraria da Ordem (https://www.focus.jor.br/diretores-da-oab-ce-denunciam-erinaldo-dantas-por-dispensa-discriminatoria-de-11-empregados-da-ordem/); CONTINUA NOS COMENTÁRIOS

A post shared by Aderson Feitosa (@aderson.feitosa) on

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também