Sete dias por semana sem medo da notícia!
Presidente da Câmara do Crato denunciado por enriquecimento ilícito
Ouça a matéria

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da 3ª Promotoria de Justiça do Crato, ajuizou, nesta terça-feira (23), uma Ação Civil Pública (ACP) contra o presidente da Câmara Municipal do Crato, vereador Florisval Sobreira Coriolano.

O parlamentar é acusado de enriquecimento ilícito, dano ao patrimônio público e violação aos princípios da Administração Publica. Também foram acionados o contador Abner Ferreira dos Reis Filho e o ex-servidor Josué Vieira Pereira.

A ação foi protocolada sob o nº 0550033-75.2020.8.06.0071 e está em tramitação na 1ª Vara Cível da Comarca do Crato. 

Veja o que diz o vereador

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O vereador Florisval Coriolano presidente da câmara municipal de Crato, informa que recebe a posição do MP do Crato com muita tranquilidade.
Informa que consta no próprio inquérito do MP que o servidor foi selecionado e contratado, a época, pelo então chefe da contabilidade da câmara não tendo nenhuma participação no processo de licitação pra contratação do servidor em questão.

Florisval declara que vai, no curso do devido processo legal e ampla defesa, prestar todos os esclarecimentos à justiça e comprovar que não cometeu nenhum ato que venha desabonar sua conduta.

Florisval enaltece a ação do MP do Crato que só mostra que o MP está atento a todos os atos do legislativo e executivo, que o MP está só cumprindo com sua missão de monitorar as ações dos poderes.

Florisval vem a frente do legislativo municipal conduzindo os recursos com austeridade, cortando na própria pele, no sentido de economizar os recursos do povo, para tanto a câmara municipal devolveu aos cofres do município, ano passado, 2019 o valor de 600 mil reais para que o município investisse em ações que beneficiasse o povo do Crato.

Florisval Coriolano
Vereador

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também