Sete dias por semana sem medo da notícia!
Presidente da Câmara de Vereadores de Milhã é preso acusado de estuprar três meninas
Vereador Francisco Maírton Batista (PT) foi preso quando presidia a sessão na Câmara
Francisco Maírton Batista (PT) teve prisão temporária decretada

Já está preso em Fortaleza o vereador e presidente da Câmara Municipal de Milhã, no Sertão Central (a 300Km de Fortaleza), Francisco Maírton Batista (PT). Ele foi detido na manhã desta quinta-feira (3) em plena sessão do Legislativo. O petista é acusado de crimes de estupro naquela cidade e teve a prisão temporária decretada pela Justiça a pedido da Polícia Civil.

De acordo com as autoridades, os três casos de estupro contra crianças aconteceram no começo deste ano. As investigações, porém, vinham sendo realizadas em sigilo.  O vereador já havia sido detido anteriormente, mas logo foi liberado. Desta vez, a prisão temporária pode durar até 10 dias e ser convertida em preventiva.

De acordo com o delegado de Polícia de Milhã, Hélder Bezerra, ao menos, três crianças teriam sido estupradas pelo vereador. Os pais comunicaram o fato à Polícia após o relato das crianças e a investigação foi instaurada.

O vereador estava presidindo uma sessão na Câmara, na manhã desta quinta-feira, quando policiais civis chegaram na Câmara com o mandado de prisão nas mãos. A sessão foi interrompida e no seu gabinete (da Presidência da Casa), Maírton foi informado de que estava sendo preso e seria transferido para Fortaleza.  Ele não reagiu e logo foi colocado numa viatura da Polícia Civil.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também