sete dias sem medo da notícia
Prefeitura de Paracuru vai pagar auxílio no valor de R$ 200 por dois meses
O benefício será voltado para famílias em situação de vulnerabilidade social
Wembley Beim, prefeito de Paracuru. (Foto: Divulgação)
Por : Redação CN7
05/03/21 19:29

O prefeito de Paracuru, Wembley Beim (PDT), anunciou na tarde desta sexta-feira (5) o pagamento de um auxílio emergencial no valor de R$200,00, entre os meses de março e abril para famílias em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é diminuir os impactos econômicos causados pela pandemia da Covid-19.

O gestor aproveitou também para anunciar outras medidas de apoio econômico aos moradores do município como a prorrogação dos prazos dos alvarás de funcionamento, redução do Imposto sobre Serviços (ISS) e ampliação da faixa de isenção do Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbano (IPTU). Além disso, os pais que têm seus filhos matriculados na rede pública de educação, receberão o kit merenda escolar, enquanto durar a pandemia.

Medidas mais rígidas para controlar novos casos

Paracuru também vai adotar medidas mais rígidas para evitar o descontrole no número de casos da Covid-19 no município. O atendimento presencial nos órgãos públicos municipais ficam suspensos temporariamente; haverá maiores restrições quanto ao local de acomodação do comércio ambulante e a fiscalização sanitária no mercado público municipal será intensificada. As regras adotadas seguem o Decreto 33.965, do Governo do Estado, que desde março de 2020 declarou situação de emergência e a adoção de uma série de normas de enfrentamento da doença.

Também estão previstas penalidades que vão de uma simples advertência até a cassação do alvará de funcionamento dos estabelecimentos que descumprirem as regras. As multas variam de R$150,00 a R$150.000,00.

Apelo à população

O prefeito Wembley Beim aproveitou para reforçar o respeito as medidas sanitárias de combate a Covid-19. “É hora de darmos as mãos no combate ao coronavírus. Peço a você que entre nessa luta conosco. Que fiscalize. Que cobre do seu próximo a utilização de máscara, de álcool em gel e que evite aglomerações. Essa luta é nossa”, concluiu.

LINKS PATROCINADOS