Prefeitura de Fortaleza realiza segunda edição do projeto ComTextos

Crime organizado e seus impactos sobre as políticas de segurança pública são os temas

(Foto: reprodução)

22/11/23 15:15

Os desafios no controle da criminalidade e sua cada vez mais complexa teia de relações estarão no centro do debate da segunda edição do projeto ComTextos. O encontro, realizado pela Prefeitura de Fortaleza, será realizado na próxima terça-feira (28), a partir das 19h, no Teatro Nadir Papi Saboya, no bairro Varjota, na capital cearense. Os convidados da segunda edição do ComTextos serão o pesquisador, professor da USP e jornalista Bruno Paes Manso; o ativista social e conselheiro da Central Única das Favelas, Preto Zezé; e o cientista social e também jornalista, Ricardo Moura.

Participe do grupo do CN7 no WhatsApp

Os debatedores são pesquisadores e ativistas sociais que convivem, seja por meio de sua história de vida, seja por meio de suas pesquisas, com diferentes cenários do crime: São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza. “A violência e a criminalidade são temas que afetam diretamente a vida de todos. Precisamos encarar esse debate com urgência, mas também com inteligência. Bruno Paes Manso, os pesquisadores do Laboratório de Estudos da Violência da UFC, do qual fiz parte por anos, e a Central Única das Favelas oferecem visões desmistificadoras sobre esse complexo fenômeno social”, explica o vice-prefeito de Fortaleza, Élcio Batista (PSDB).

Lançamento de “A Fé e o fuzil”

Como se relacionam o crescimento evangélico e o fluxo migratório para as cidades, decisivo para a compreensão do crime no país? De que modo valores conservadores associados às denominações evangélicas se tornaram centrais para a política brasileira? Eis algumas das muitas perguntas que o jornalista Bruno Paes Manso, procura responder no seu mais recente livro, A Fé e o Fuzil Crime e Religião no Brasil do século XXI e que certamente estarão presentes no debate da segunda edição do projeto ComTextos. Depois de esmiuçar o mundo do crime no Rio de Janeiro em A REPÚBLICA DAS MILÍCIAS, livro que conquistou o prêmio Jabuti de 2021 e impactou dezenas de milhares de leitores com o retrato de um país corrompido e violento, Paes Manso volta com um mergulho em outra dimensão da criminalidade no Brasil. A lente está posta em suas relações com o crescimento das igrejas evangélicas nas últimas décadas. A partir de depoimentos de ex-criminosos que tiveram a vida transformada pelo contato com a religião, o autor desconstrói estigmas associados às novas denominações evangélicas e mostra como o crescimento desses grupos responde a anseios profundos de uma população exposta a todo tipo de violência.

Após o debate, haverá sessão de autógrafos.

Sobre os convidados

  • Bruno Paes Manso
    Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (2012), com mestrado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (2003). Graduado em economia pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (1993) e em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica (1996). É pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência da USP (NEV-USP) que desenvolve pesquisas e forma pesquisadores por meio de uma abordagem interdisciplinar na discussão de temas relacionados à violência, democracia e direitos humanos.
  • Ricardo Moura
    Jornalista, cientista social e doutor em Sociologia (UFC). Pesquisador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV) e editor do Blog Escrivaninha, especializado em segurança pública (escrivaninha.blog).
  • Preto Zezé
    Uma das maiores lideranças das favelas brasileiras, presidiu nacionalmente e globalmente a CUFA – Central Única das Favelas até março de 2023. Conselheiro da CUFA, empreendedor de destaque, produtor artístico e musical, escritor e ativista brasileiro. Filho de um casal de retirantes, mãe doméstica e pai pintor da construção civil, foi criado na favela das Quadras, em Fortaleza e além dos atributos acima, tornou-se uma figura de grande destaque nas causas sociais do país e ainda no debate sobre o racismo no Brasil e a sua relação com a desigualdade social.

Saiba mais

O projeto Design e Literatura- Com Textos é uma ação coordenada pela vice-prefeitura de Fortaleza que tem como objetivo estimular a discussão de temas emergentes como racismo, sexismo, xenofobia, capacitismo, entre outros.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

A primeira edição do ComTextos foi realizada em outubro de 2023 e discutiu o Brasil sob a perspectiva do tema Raça, Cultura e Política, tendo como convidados a antropóloga e professora da Universidade de São Paulo (USP), Lilia Schwarcz, e o historiador e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Flávio Gomes.

Serviço

Design e Literatura- Com Textos | Bruno Paes Manso, Ricardo Moura e Preto Zezé
GRATUITO/ SEM INSCRIÇÃO PRÉVIA
Data: 28/11/2023 (terça-feira)
Horário: 19h
Local: Teatro Nadir Papi Saboya, Rua 08 de Setembro 1330. Varjota.
Obs: entrada sujeita à lotação do espaço

LINKS PATROCINADOS