sete dias sem medo da notícia
Próxima semana
Prefeitura de Fortaleza divulga plano de retorno às aulas presenciais
Estudantes retornam às salas de aula a partir do dia 8 de setembro
Ana Estela Leite, da SMS, e Dalila Saldanha, da SME
Por : Redação CN7
02/09/21 13:18

O retorno das aulas presenciais na Rede Municipal de Fortaleza ocorre a partir do próximo dia 8 de setembro de forma escalonada por séries, iniciando com a Educação Infantil, avançando até as últimas séries do Ensino Fundamental. Em live nesta quinta-feira (02/09), a titular da Secretaria Municipal da Educação (SME), Dalila Saldanha, deu mais detalhes sobre o plano de retorno.

A partir da próxima quarta-feira (08/09), estudantes do Infantil 3, 4 e 5, e do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental retornam às salas de aula. Na semana seguinte, é a vez dos alunos do Infantil 1 e 2, e de 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental voltarem às aulas presenciais, informou Dalila Saldanha.

O retorno dos adolescentes a partir de 12 anos de idade é previsto para a última semana do plano de volta às aulas, após o dia 20 de setembro, quando a maioria deve estar vacinada com a primeira dose contra a Covid-19. A titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Ana Estela Leite, informou que mais de 100 mil adolescentes já foram vacinados na Capital.

“Esse momento tem sido muito esperado para quem se preocupa com o bem-estar das crianças, que vai muito além da saúde física. E esse retorno das aulas presenciais vai respeitar todos os protocolos sanitários, foi construído em conjunto com as pastas de Saúde e Educação, a gente tem se disponibilizado a capacitar toda a equipe da Educação e o compromisso dela é extremamente relevante para resgatarmos o tempo perdido das nossas crianças e adolescentes”, salientou Ana Estela.

“Mesmo quando terminar esse ciclo, nós estaremos cumprindo o que o decreto hoje permite em termos de capacidade na sala de aula, que é 50%. Ou seja, quando concluirmos as etapas de retorno, nós estaremos com metade das crianças e jovens numa semana presencialmente e a outra metade em atividade domiciliar, com toda a orientação dos professores, mediados pelos recursos tecnológicos e pedagógicos já disponibilizados pela Prefeitura”, garantiu Dalila Saldanha.

Todas as unidades de ensino vão funcionar como pontos de cadastramento para os estudantes e familiares.

LINKS PATROCINADOS