Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Prefeito decreta paralisação dos serviços em Cascavel por não aprovação da LDO

A paralisação ocorre a partir desta terça-feira (16)

(Foto: reprodução/vídeo)

15/01/24 15:43

O prefeito de Cascavel, Tiago Ribeiro, decretou a paralisação dos serviços no município devido a falta de aprovação da Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) na Câmara Municipal. O chefe do Executivo municipal explicou que, enquanto a medida não for votada no Legislativo, a cidade ficará sem dinheiro para pagar despesas. A paralisação ocorre a partir desta terça-feira (16). Durante o período, só funcionarão serviços essenciais.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

“Enquanto a Câmara não votar [a LDO] nós não temos como fazer mais nada (…) a UPA ficará funcionando com alguns serviços essenciais. Mas mercado, serviços da educação, tudo isso vai ser paralisado porque não temos como fazer nenhuma despesa”, lamentou Tiago Ribeiro, por meio de live nas redes sociais.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

O prefeito afirmou que chegou a encaminhar a LDO, por duas vezes, para votação na Câmara Municipal que, de acordo com Tiago Ribeiro, rejeitou fazer a votação. “O Executivo mando a LDO, por duas vezes, foi rejeitada porque não podia. Entraram em recesso, foram curtir as férias e o Executivo ficou sem orçamento para manter os serviços. Gente, isso não existe”, relatou.

Assista ao vídeo completo:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Tiago Ribeiro (@tiagoribeiro.ofc)

LINKS PATROCINADOS