Sete dias por semana sem medo da notícia!
Prefeito de Uruburetama se entrega à Polícia e vai para o xadrez acusado de estupro
Hilson Paiva

O prefeito afastado de Uruburetama, Hilson Paiva, entregou-se à Polícia na tarde desta segunda-feira (19), por volta das 14h. O médico ginecologista recebeu voz de prisão na Delegacia Geral, no prédio da Superintendência da Polícia Civil do Ceará, em Fortaleza.

Hilson Paiva se entregou poucas horas depois do Poder Judiciário cearense decretar a prisão preventiva dele. Ele é suspeito de praticar estupro, pedofilia e outros crimes sexuais contra pacientes.

Em tempo

Como o CN7 já havia noticiado, a Justiça determinou a prisão do prefeito afastado de Uruburetama.

“A prisão preventiva se faz necessária afim de preservar higidez das provas a serem produzidas em juízo eis que da leitura das peças depreende-se que o representado venha utilizando sua influência para se manter impune ao longo de vários anos do que se pode deduzir a possibilidade de ele, o representado, em liberdade embaraçar investigação policial e instrução criminal”, decidiu o juiz Jose Cleber Moura do Nascimento.

Em tempo II

A decisão ainda inclui um pedido de busca e apreensão em endereços em Fortaleza e Uruburetama, para apreender computadores, celulares, tablets, HDs externos, CDs e DVDs gravados, receituários médicos, prescrições, agendas de consultas, além de demais objetos relacionados aos fatos delituosos.

Confira furo do CN7

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também