Sete dias por semana sem medo da notícia!
Prefeito de Paracuru é acusado de cometer improbidade administrativa, segundo MP
Bloqueio de bens e inelegibilidade dos agentes públicos envolvidos foram solicitados
Prefeito de Paracuru, Eliabe do Tito

A promotoria de Paracuru ajuizou a perda da função pública, afastamento, e suspensão dos direito políticos do prefeito de Paracuru, Eliabe do Tito. A ação de improbidade administrativa atinge também o secretário de infraestrutura do município, Capitão Sinval, e o funcionário Carlos Eduardo. Todos acusado por danos ao cofres públicos. A ação foi publicado na noite desta quarta-feira (24).

A fraude teria acontecido na contratação da empresa C. E. COM. E Serviços, que prestou serviços de locação de veículos pesados. Diante das investigações, a promotora de Paracuru ajuizou a sentença. Segundo ao Ministério Público, a licitação na modalidade convite foi direcionada para beneficiar a empresa de propriedade de Maria Samilda Alves, laranja do servidor público municipal Carlos Eduardo.

O bloqueio dos bens e a inelegibilidade dos agentes públicos por oito anos foram solicitados. Além disso, o MP  pede o ressarcimento ao erário público e multa no valor de três vezes do acréscimo patrimonial dos envolvidos.

Confira a decisão

Publicidade
Mais Lidas