Sete dias por semana sem medo da notícia!
Prefeito afastado de Uruburetama continua preso após ter habeas corpus negado
Hilson Paiva é acusado de estuprar pacientes e filmar crimes no consultório
Hilson Paiva - Reprodução TV Globo.

O prefeito afastado de Uruburetama, Hilson Paiva, continuará preso. Hoje (10), no TJCE, a desembargadora Marlúcia de Araújo votou contra sua soltura e teve seu voto acompanhado pelo colega Tarcílio Souza.

Apenas o desembargador Lincoln Araújo votou pela prisão domiciliar do acusado de estuprado.

Em tempo

Assim, o plano da presidente da Câmara de Uruburetama, Tete, não tem prosseguimento. Ela contava com o habeas corpus para articular a volta de Hilson Paiva ao cargo de prefeito. A jogada seria concretizada na sessão de quinta-feira (12).

Em tempo II

Hilson Paiva é acusado de estupro e pedofilia. Ele, que também é médico ginecologista, filmava os crimes no consultório.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também