sete dias sem medo da notícia
Porta-voz dos FGs como barganha
Por : Redação CN7
04/01/22 8:56

É triste o final da vida pública do senador Tasso Jereissati. Sem condições políticas de disputar à reeleição este ano, Tasso assumiu uma nova missão, registre-se estratégica para seus objetivos. No primeiro dia útil de 2022, 03/01,Tasso concedeu entrevista ao jornal OPOVO, e atuou como porta-voz dos interesses dos irmãos Ciro e Cid Gomes, qual seja, destruir a candidatura de oposição do Capitão Wagner. Tasso declarou que a eleição de Wagner “é um retrocesso para o Ceará”. Vinculou-o ao presidente Bolsonaro, mesmo Wagner estando para se filiar ao União Brasil, que negocia uma aliança com o Podemos para apoiar a candidatura de Sergio Moro.

O engraçado é que Tasso não faz nenhuma crítica a oligarquia Ferreira Gomes. Nenhum comentário sobre o domínio que os FGs tem no Ceará desde 2006, controlando com mão de ferro o Governo do Estado, a prefeitura de Fortaleza e a Assembleia Legislativa do Ceará.

Leia Também
LINKS PATROCINADOS
Leia Também