sete dias sem medo da notícia
Violência
Polícia investiga assassinato de barbeiro que não teria pago ‘pedágio’ a facção criminosa
Vítima foi assassinada dentro do estabelecimento em Fortaleza
Por : Redação CN7
30/10/21 19:09

A Polícia Civil investiga a morte do proprietário de uma barbearia, no Planalto Ayrton Senna, em Fortaleza. Ednaldo Mota da Silva, 46, conhecido como ‘Bila’, estava no estabelecimento comercial quando homens armados chegaram e o executaram.

Testemunhas afirmam que a morte teria sido motivada pelo não pagamento de “pedágio” a integrantes de facção criminosa. A prática tem sido comum em bairros da capital, onde os criminosos exigem pagamento para manter o funcionamento do estabelecimento.

O assassinato de Ednaldo esta sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção À Pessoa (DHPP). A Secretaria de Segurança Pública (SSPDS) não se pronunciou sobre o homicídio.

LINKS PATROCINADOS