Sete dias por semana sem medo da notícia!
Policia Federal volta a prender empresário Eike Batista
Ele já é condenado a 30 anos e cumpria prisão domiciliar

O empresário Eike Batista voltou a ser preso na manhã desta quinta-feira (8) no Rio de Janeiro em mais um desdobramento da operação Lava Jato. Ele estava em casa, na Zona Sul do Rio, onde há cerca de dois anos e meio cumpria prisão domiciliar.

A operação “Segredo de Midas” busca provas de manipulação do mercado de ações e de lavagem de dinheiro. O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do RJ, expediu dois mandados de prisão: Eike Batista (já cumprido) e Luiz Arthur Andrade Correia, o Zartha, contador de Eike, que está no exterior.

O empresário foi preso pela primeira vez no final de janeiro de 2017, logo após desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, vindo do exterior.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também