Sete dias por semana sem medo da notícia!
Polícia Federal na cola de empresa que fatura R$ 16 milhões em sete prefeituras do Ceará
Ouça a matéria

A Polícia Federal deve investigar a empresa de Cleidiane de Queiroz Pereira, suspeita de participar de esquema para ganhar licitações em sete prefeituras do Ceará. Ela já teria faturado quase R$ 16 milhões entre 2019 e 2020.

Cleidiane é irmã do empresário Bebeto do Choró, preso pela PRF com sua Hilux, que foi flagrada protegendo transporte de drogas do Pará para Ceará.

Cleidiane é suspeita de ser a laranja de Bebeto do Choró, pois acionou deputados federal e estadual com objetivo de contratarem advogados para soltar seu irmão da cadeia.

Em tempo

Essa operação também está sendo alvo de investigação.

Em tempo II

PF ainda não sabe se todos os prefeitos estão envolvidos em possível esquema de lavanderia.

Veja prefeituras em que empresa de Cleidiane faturou:

2019

Pedra Branca – R$3.5 milhões
Caridade – R$1.9 milhões
Cascavel – R$1.3 milhões
Paracuru – R$1 milhão
Canindé – R$3.1 milhões
Madalena – R$1.2 milhões
Mombaça – R$1.2 milhões

2020

Cascavel – R$410 mil
Pedra Branca – R$270 mil
Madalena – R$299 mil
Caridade – R$82 mil
Canindé – R$603 mil
Mombaça – R$192 mil
Paracuru – R$71 mil

Confira

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também