X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Polícia captura cinco suspeitos dos atentados do fim de semana em Juazeiro
Os ataques teriam sido ordenados de dentro da Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (Pirc), em represália após a Justiça proibir o pernoite das visitas na véspera do Dia das Mães
Uma viatura do Demutran foi destruída em um dos ataques

Quatro adultos foram presos e um adolescente apreendido numa operação da Polícia Militar em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri (a 528Km de Fortaleza) após uma sequência de atentados ocorrida no fim de semana.

Dois ônibus, um veículo do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) e um teatro foram os alvos dos criminosos. Os atentados seriam uma retaliação de bandidos após a Justiça proibir a pernoite com visita íntima na véspera do Dia das Mães na Penitenciária Industrial re Regional do Cariri (PIRC).

Segundo a Polícia, já estão presos: Marcos Felipe Santos, 19 anos; Luiz Fernando Santos da Silva, 18; e os irmãos Daniel e Marciel da Silva Souza. Um adolescente de 16 anos também foi detido. Com o grupo, a Polícia apreendeu coquetéis molotov, que são bombas incendiárias de fabricação caseira.  Outros suspeitos ainda são procurados pelas autoridades.

A Polícia já sabe que a ordem para a deflagração dos atentados em Juazeiro partiu de um bandido que está preso na PIRC e que comanda uma  facção criminosa mesmo estando atrás das grades.

O juiz de Direito, Péricles Victor Galvão de Oliveira, da Vara das Execuções Penais, proibiu o pernoite de mulheres na PIRC por conta da falta de segurança. A medida revoltou os familiares dos detentos e logo os atentados começaram nas ruas daquela cidade caririense.

Ataques com fogo

A penitenciária está superlotada, o que levou o juiz a optar por não permitir o pernoite, alegando falta de segurança.

Ainda no sábado, um ônibus da empresa Viametro, que fazia a linha Juazeiro Barbalha, foi completamente destruído por um incêndio criminoso, por volta de 21 horas, quando transitava pela Avenida leão Sampaio (CE-060). Minutos antes, outro coletivo da mesma empresa ficou semi-destruído ao ser atingido por um coquetel molotov na garagem.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também