sete dias sem medo da notícia
Operação
PM prende ladrões que furtavam cabos elétricos em cinco bairros de Fortaleza
O material era escondido no Canal do Lagamar e vendido em sucatas e depósitos
Três mil metros de cabo, pesando uma tonelada, foram recuperados pela Polícia
Por : Fernando Ribeiro
21/03/19 9:55

Policiais do 22º BPM, sob o comando do major PM Bellini, desarticularam na manhã desta quinta-feira (21)  parte de uma quadrilha responsável pelo furto de cabos elétricos em cinco bairros de Fortaleza. O material, usado na transmissão de sinal para telefonia e TV à cabo de três operadoras,  era vendido  em sucatas, galpões e oficinas de material reciclável, onde os receptadores retiravam o cobre, de alto valor  no mercado. Cerca de uma tonelada de cabos, medindo cerca de três mil metros, estava escondida nas águas do Canal do Lagamar, no bairro Aerolândia.

A operação policial começou ainda na madrugada e se estendeu até por volta de 9 horas, quando os policiais militares conduziram ao 4º DP (Pio XII) dois integrantes da quadrilha, identificado como Francisco Breno Costa de Araújo, 29 anos; e  Francisco Alexandre Feliciano de Castro, 32. Antes, os dois  suspeitos levaram os policiais ao Lagamar, onde  eles escondiam o material furtado.

Centenas de metros de cabos ficavam  submersos no Canal. Para identificar o local onde o material furtado estava, os ladrões colocavam pequenas bóias que serviam de sinalizadores. “Eles só tiravam de lá quando acertavam a venda aos receptadores”, informa o oficial, comandante do 22º BPM (Papicu).

De acordo com o comandante, os ladrões disseram que vendiam cada quilo de cobre por R$ 40,00 em várias sucatas e depósitos de material reciclável. Os furtos aconteciam em, pelo menos, cinco bairros da Capital cearense:  Aerolândia, São João do Tauape, Joaquim Távora, Dionísio Torres e Fátima.

Com o material apreendido foi possível identificar que os cabos furtados pertencem às operadoras Vivo, Tim e Claro.

VEJA VÍDEO DA OPERAÇÃO POLICIAL:

 

LINKS PATROCINADOS