Hidrogenio verde e o combustivel do futuro

PM é denunciado por matar pai e filho no Eusébio

MPCE aponta ainda que PM acusado é réu por outros crimes

03/11/2023 5:45

Um soldado da Polícia Militar do Ceará foi denunciado pelo Ministério Público Ceará (MPCE) pelas mortes de Francisco Adriano da Silva, de 42 anos, e pelo filho dele, Francisco Gabriel da Silva, de 13 anos de idade.

Os crimes ocorreram em agosto desse ano, quando o pai levava o filho para a escola no município de Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza.

O pai era funcionário de um cemitério e também de um estacionamento da cidade, e o filho estudante da rede pública municipal.

A denúncia do MPCE, enviada no último dia 20 de outubro, pede a condenação do soldado PM Paulo Roberto pelos crimes de duplo homicídio qualificado com recurso que impossibilitou defesa das vítimas; emprego de arma de fogo de uso restrito e contra menor de 14 anos.

O relatório produzido pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce) revelou que o corpo do adolescente foi alvejado com 14 disparos, e o do pai com apenas dois, o que indica, segundo a Polícia Civil, que o garoto poderia ser o alvo.

O MPCE lembra ainda que o PM envolvido nas mortes de pai e filho é o mesmo agente que é réu desde 2017 por suspeita de balear uma criança, à época com 2 anos de idade. O caso ocorreu quando Paulo estava em uma composição que havia sido acionada para controlar um tumulto no bairro Canindezinho, em Fortaleza.

LINKS PATROCINADOS