Petrobras rescinde contrato de venda de refinaria localizada em Fortaleza

Decisão foi motivada pelo não cumprimento de condições estabelecidas no contrato

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

27/11/23 14:29

A Petrobras anunciou, nesta segunda-feira (27), que rescindiu o contrato de venda da refinaria Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor), localizada no bairro Mucuripe, em Fortaleza. A decisão foi motivada pelo não cumprimento de condições estabelecidas no contrato.

Participe do grupo do CN7 no WhatsApp

Em nota, a Petrobras informou que as condições pré-estabelecidas não foram cumpridas dentro do prazo previsto, que era até 25 de novembro. Com a rescisão contratual, a empresa estatal afirmou que vai manter a refinaria funcionando.

“A Petrobras reforça o seu compromisso com a continuidade operacional da Lubnor, com a confiabilidade e disponibilidade de suas unidades e zelando pela segurança e respeito ao meio ambiente e às pessoas”, diz a Petrobras em um trecho da nota.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Sobre a refinaria

Inaugurada em 1966, a Lubnor é uma das líderes na produção de asfalto no Brasil, sendo responsável por cerca de 10% da produção de asfalto no pais. Produz ainda lubrificantes naftênicos, um produto próprio para usos nobres, tais como, isolante térmico para transformadores de alta voltagem, amortecedores para veículos e equipamentos pneumáticos.

Com uma área total de 218 mil metros quadrados, a Lubnor produz, por ano, 235 mil toneladas de asfaltos e 73 mil metros cúbicos por ano de lubrificantes naftênicos. Além de produtora, é também distribuidora de asfalto para nove estados das regiões Norte e Nordeste.

Todo o petróleo utilizado pela Lubnor é do tipo ultra pesado: 85% provenientes do Espírito Santo e o restante, 15%, do Ceará. Do total processado, 62% do volume é destinado à produção de asfalto, abastecendo todos os estados do Nordeste, e cerca de 16% são empregados na obtenção de lubrificantes naftênicos.

Atualmente, é a principal fornecedora da região Nordeste e também fornece para os estados do Amazonas, Amapá, Pará e Tocantins.

LINKS PATROCINADOS