Hidrogenio verde e o combustivel do futuro

PDT e PSB admitem negociação para apoiar reeleição de Sarto

Articulação tem dedo de Ciro na briga com o irmão Cid Gomes

Foto: reprodução

20/11/2023 9:34

O jornal O Globo traz nesta segunda-feira (20) matéria informando que PDT e PSB admitem aliança eleitoral em 2024. O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, diz ter declinado a filiação do presidente da Assembleia do Ceará, Evandro Leitão, e confirma as negociação para apoiar a reeleição de José Sarto em Fortaleza. “Em 2020, fizemos a parceria com o PDT nas capitais. Até porque o PT rompeu conosco naquele ano. Hoje, eles (PT) estão com outra política. Vamos ver as prioridades de cada um”, afirma Siqueira.

A publicação diz mais: “Presidente licenciado do PDT, mas que ainda dá as cartas na sigla, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, costura o apoio do PSB à reeleição do prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT), numa disputa que tende ao acirramento entre aliados de Ciro Gomes e de Lula. Ciro prevaleceu em uma queda de braço partidária com o próprio irmão, o senador Cid Gomes, agora de saída do PDT. O ex-governador quer que a legenda tenha no Ceará, seu reduto, o mesmo tom de oposição ao PT de sua campanha ao Planalto em 2022, postura da qual Cid discorda”.

E conclui: “Em acordo com Lupi, o presidente do PSB, Carlos Siqueira, tem sinalizado apoio ao prefeito de Fortaleza, embora o diretório pessebista no Ceará seja ligado ao ex-governador e atual ministro da Educação, Camilo Santana (PT). Siqueira declinou a filiação do presidente da Assembleia Legislativa local, Evandro Leitão, que deixou o PDT e articulava com Camilo ingressar no PT ou no PSB para enfrentar Sarto.

LINKS PATROCINADOS