sete dias sem medo da notícia
PB Construções consegue decisão no TCU que atrasa obras da Transposição para o Ceará
Por : Redação CN7
03/04/17 14:22

As empresas Passarelli Ltda. e PB Construções conseguiram junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), na última sexta-feira, que o Ministério da Integração esclareça por que as duas saíram do páreo e por que a vitória foi dada ao consórcio Emsa-Sitom na disputa pelas obras do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco, um projeto da ordem de R$ 570 milhões.

A decisão do TCU vai atrasar, ainda mais, a entrega do Eixo Norte, que beneficiará o Ceará com as águas do São Francisco.

Como o Ceará News 7 já havia informado, o consórcio Passarelli-PB e a empresa Marquise, que ganharam força no governo Cid Gomes, foram desclassificadas do processo de licitação no começo do março deste ano, por não atenderem as especificações necessárias.

Entenda

O prazo para o anúncio do resultado final da disputa sairia hoje, mas o ministro Helder Barbalho afirmou que vai seguir a decisão do TCU de manter o processo de licitação em andamento e prestará as informações solicitadas.

Segundo a coluna Radar On-Line, da Veja, sobre a declaração do nome do consórcio vencedor, o ministério informa que essa decisão será divulgada oportunamente.

LINKS PATROCINADOS