Passageiro e assaltante caem de viaduto enquanto brigavam em ônibus em Fortaleza

Suspeito foi socorrido e as investigações estão a cargo do 25º Distrito Policial

Foto: reprodução

02/04/24 11:38

Um passageiro morreu após reagir a assalto a ônibus em Fortaleza. Ele e o homem acusado de roubo caíram do viaduto sobre a Avenida Aguanambi, na noite desta segunda-feira (1). Enquanto estavam em luta corporal, a porta do veículo foi aberta. O suspeito, que possui antecedentes criminais, foi socorrido para uma unidade hospitalar e segue sob escolta policial. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e a (Pefoce) foram acionadas.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

A vítima, identificada como João Evangelista da Silva, de 24 anos, havia sido atingido por golpes de faca. O suspeito, Carlos Eduardo Ferreira Moreira, de 25 anos, foi levado para o Instituto Doutor José Frota (IJF). Ele responde por roubo e foi autuado em flagrante por latrocínio (roubo seguido de morte). As investigações estão a cargo do 25º Distrito Policial, sendo a delegacia que cobre a região, conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Veja a nota da SSPDS:

“A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que um homem, de 25 anos, foi autuado em flagrante, nessa segunda-feira (1º), após um roubo seguido de morte ser registrado no bairro José Bonifácio – Área Integrada de Segurança 5 (AIS 5) de Fortaleza. De acordo com as primeiras informações, o suspeito, que já possui antecedentes por roubo, entrou em um coletivo e anunciou o assalto. Na ocasião, um passageiro entrou em vias de fato com o suspeito e, durante a ação criminosa, ambos caíram de um viaduto após a porta do veículo abrir. A vítima, ainda não identificada formalmente, foi a óbito no local. Já o suspeito foi socorrido para uma unidade de saúde, onde encontra-se sob escolta policial. Equipes da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Um inquérito foi instaurado no 10° Distrito Policial (DP), unidade plantonista da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), e o indivíduo foi autuado. O caso foi transferido para o 25º Distrito Policial (25º DP), delegacia que cobre a região.”

LINKS PATROCINADOS