Sete dias por semana sem medo da notícia!
Partido de Bolsonaro diz que enviará antes de abril apoio mínimo para sua criação
Jair Bolsonaro
Ouça a matéria

A Aliança pelo Brasil, partido fundado pelo presidente Jair Bolsonaro no fim do ano passado, afirmou hoje que vai enviar à Justiça Eleitoral as fichas com a coleta de assinaturas mínimas para a criação da legenda antes de abril, prazo esse que, se for alcançado, poderá viabilizar a participação da sigla nas eleições municipais de 2020.

“Dirigentes e profissionais envolvidos na criação do partido estão certos da viabilidade de envio à Justiça Eleitoral do mínimo exigido de fichas de apoiamento antes de abril de 2020”, disse a Aliança em nota.

Um partido para estar em pleno funcionamento precisa conseguir cerca de 500 mil assinaturas de apoio de pessoas em todo o país, sendo que a coleta desses apoios tem de passar por validação da Justiça Eleitoral.

O próprio Bolsonaro, contudo, já deu declarações de que a legenda poderá não ter candidatos aptos a concorrer nas eleições municipais. O presidente deixou o PSL, partido pelo qual foi eleito, para fundar a nova legenda após se desentender principalmente com o presidente da legenda, Luciano Bivar.

Na nota, a Aliança esclarece que não detectou fichas represadas ou problemas semelhantes em razão de suposta instabilidade no sistema de recebimento de assinaturas do Tribunal Superior Eleitoral, que, na opinião do partido, vem funcionando normalmente.

Segundo a legenda, a única instabilidade detectada foi no site para a consulta do título de eleitor e, por isso, a orientação dada é para consultar o número do título pelo documento físico.

“Até o momento não registramos quaisquer problemas relevantes com a Justiça Eleitoral, que tem agido com seriedade e profissionalismo”, concluiu a nota.

Com informações Reuters

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também