Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Operação Passe Livre do MPCE apura violação no processo de licitação por empresários

Oito mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências e sedes de empresas

Foto: Thiago Rodrigues

08/02/24 11:27

As cidades de Tarrafas, Hidrolândia, Juazeiro do Norte e Lavras da Mangabeira foram alvos da Operação Passe Livre do Ministério Público do Ceará. Oito mandados de busca e apreensão foram cumpridos tanto em residências quanto na sede de empresas investigadas. A deflagração, nesta quinta-feira (08), contou com o apoio da Polícia Civil. Conforme a investigação da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), empresários participavam de licitações em Tarrafas, negociavam, de forma ilegal, outras participações na disputa e pagavam para que não houvesse outros concorrentes. O esquema viola o processo licitatório, que consiste na competição entre as empresas prestadoras.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Os investigados podem responder pelos crimes de corrupção, fraude em licitações, falsidade ideológica, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Na operação, foram apreendidos aparelhos celulares e documentos. A Justiça ainda autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal dos envolvidos para aprofundar as investigações.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

A apuração do portal CN7, em Hidrolândia, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em dois endereços: na residência do empresário Jerbinho do Totonho, que também é pré-candidato a prefeito pelo grupo de oposição e na sede da Construtora Nova Hidrolândia, empresa pertencente a ele. A empresa presta serviços em diversos municípios, nos setores de obras e limpeza pública. Somente no ano passado, segundo o Tribunal de Contas do Estado, a construtora firmou contratos com 14 prefeituras, totalizando o valor de R$ 34,3 milhões.

LINKS PATROCINADOS