Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Novo secretário de Segurança assume com missão de combater facções

Coluna Rebate

29/05/24 9:42

Nem assumiu ainda a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Roberto Sá, e já está ciente do tamanho de seu desafio. A queda do secretário Samuel Elânio, decretada pelos 320 homicídios ocorridos no mês de abril, estava tomada já há alguns dias. O governador Elmano de Freitas teve paciência para ouvir o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, e o diretor geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues. Após consultas, conversas e avaliação de currículos, o consenso foi pela nomeação de Roberto Sá. Experiente, com formação na tropa de elite BOPE, no Rio de Janeiro, o delegado federal Roberto Sá já ocupou duas secretarias de Segurança. Foi secretário no Rio de Janeiro e, também, no Espírito Santo. Empossado, a principal tarefa do secretário Roberto Sá é enfrentar as organizações criminosas com forte atuação no Estado: PCC e CV. A ordem do governador Elmano de Freitas é a adoção de uma forte política de combate ao aumento da violência. Para Elmano, o Ceará não mais permitirá essa cumplicidade que assola os municípios entre essas organizações criminosas e políticos. Coibir o financiamento pelo crime no Ceará já está no radar do novo secretário de Segurança, Roberto Sá. Para derrotar PCC e CV, e garantir tranquilidade aos cearenses, o secretário Roberto Sá agirá em colaboração permanente com a Polícia Federal e o respaldo do Ministério da Justiça. O governador Elmano está confiante nos resultados que a Segurança do Ceará atingirá nos próximos meses. O secretário Roberto Sá será um executivo operacional. Andará nas ruas e combaterá o crime no Estado. Resta-nos desejar-lhe boa sorte, pelo bem de todos nós, cearenses.

Mudança de deputado na Alece indefinida

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou, na noite de quinta (23), os mandatos do deputado Eduardo Bismark (PDT) e do suplente de deputado estadual Audic Mota. Por 05 votos a 03, o TSE determinou o imediato afastamento de Eduardo Bismark do cargo. As contas estão sendo efetuadas e o Tribunal Eleitoral ainda não definiu quem será seu substituto. Há dois nomes: vereadora de Fortaleza, Priscila Costa (PL) e 1º suplente de deputado federal do PDT, Leônidas Cristino. O que decidirá o escolhido é a definição sobre a contagem ou não dos votos do suplente do PL, Delegado Cavalcante, que também foi cassado. Se contar, entra Priscila Costa. O contrário, a vaga é de Leônidas Cristino. Na Assembleia do Ceará, o que muda com a cassação de Audic Mota e o MDB perdendo seus 54.886 votos? Haverá recontagem para definir o quociente eleitoral. Já o temor é que o MDB perca um dos seus três deputados estaduais: Daniel Oliveira, Agenor Neto e Davi Macedo. Se isso por acaso ocorrer, o prejudicado seria Davi Macedo. Somente com uma posição do TSE será possível responder a essa dúvida sobre o substituto de Eduardo Bismark, e se muda algum dos 46 deputados estaduais. Se o MDB viesse a perder, a vaga iria para o PDT. Como os primeiros suplentes trocaram o partido pelo PSB, a vaga ficaria aberta, pois a candidata Helaine Coelho, obteve 3.237 votos, não sendo suficiente para ser declarada deputada estadual. Aliados de Davi Macedo dizem estarem tranquilos. Não há risco dele perder seu mandato. Mas, o TSE tem que se manifestar. E logo.

Camilo prepara pesquisa para resolver o Crajubar

O ministro Camilo Santana vai passar o fim de semana em Barbalha, para iniciar as definições eleitorais em Crato e Juazeiro do Norte. As reuniões antecedem a Festa do Pau da Bandeira, em Barbalha. Camilo encomendou uma pesquisa nas três principais cidades do Cariri, para ter um parâmetro sobre a musculatura eleitoral de cada um dos pré-candidatos ligados à base e à oposição. No Crato, Camilo não deve bater martelo sobre os candidatos da base aliada, mas é certeza de que o número de pré-candidatos irá diminuir consideravelmente. Em Juazeiro do Norte, serão intensificadas as reuniões com aliados, como o deputado Davi Macedo e seu pai, o ex-prefeito Raimundo Macedo, contando com a provável presença do deputado federal Eunício Oliveira. A pesquisa deve ser feita entre a terça e a quinta-feira, e rodará as três cidades. Em Barbalha, servirá para avaliar a atual posição do prefeito Guilherme Saraiva, na busca por sua reeleição, e o tamanho da oposição.

Glêdson e Pedro Bezerra se enfrentam nas redes

Depois de polemizar nas redes sociais com o deputado Fernando Santana e com o vereador Marcio Joias, agora, o prefeito Glêdson Bezerra rebateu as críticas sofridas do ex-deputado federal Pedro Bezerra. Nas redes sociais, Pedro reclamou que Glêdson, sequer, o convidou para a assinatura da ordem de serviço para a reforma do Mercado Senhora Santana. Pedro garante que o recurso foi garantido ainda no seu mandato para a gestão do prefeito Arnon Bezerra, seu pai. Em resposta a Pedro, Glêdson disse que seria melhor não tivesse enviado o recurso. E atacou: do que seu pai ter deixado R$ 120 milhões em dívidas. A crise ganhou corpo nos grupos de whatsapp. Com mais esse confronto, a avaliação é que, a base aliada ao governo do Estado, em Juazeiro do Norte, tem como estratégia se revezar no enfrentamento a Glêdson. A ideia é promover desgaste constante. Glêdson não foge da briga e acredita que sua campanha à reeleição só cresce no apoio popular. Tanto, que não fugirá de polêmicas com os aliados do Abolição.

Giovanni quer Luiz Ivan como vice de Fernando

O vice-prefeito de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio, principal aliado do pré-candidato Fernando Santana, parece disposto a comprar mais uma briga dentro da própria base governista. Em reunião do PSB, na semana passada, deixou claro que o partido tem pré-candidato a vice na chapa de Fernando Santana. Giovanni disse que o melhor nome para compor a chapa é de Luiz Ivan Bezerra, irmão do ex-prefeito Arnon Bezerra. Segundo Giovanni, Luiz Ivan é o nome que melhor circula entre as correntes políticas de Juazeiro. Esse lançamento de Luiz Ivan cria um problema: Giovanni fez essa mesma promessa e, inclusive, defendeu o nome da filha do empresário Gilmar Bender, a jovem Bruna Bender, para ocupar essa mesma posição na chapa de Fernando Santana. Na reunião do PSB de Juazeiro, Giovanni não foi questionado sobre esse apoio duplo para vice de Fernando Santana. É logo surgiram teorias conspiratórias, sobre a real intenção de Giovanni. Essa defesa do nome de Luiz Ivan por Giovanni chegou na casa de Gilmar Bender, que reagiu com naturalidade, como se já soubesse.

Articulação quer unir Marcio e Lucas Brasil

Dissidentes dos grupos que faziam parte na corrida eleitoral do Crato, os pré-candidatos Lucas Brasil (PSDB) e Márcio Bilhar (Agir) podem sentar para conversar nos próximos dias. Articuladores de ambos os lados enxergam na união o fortalecimento de uma terceira via na disputa do Crato. Márcio Bilhar tem concedido entrevistas e, nelas, repetido que não se considera nem de oposição, nem de situação. Diz que está disposto a conversar com todos os grupos políticos cratenses. Sob sua liderança, estão três partidos e mais de 40 pré-candidatos a vereador. Márcio Bilhar garante contar, ainda, com seis vereadores eleitos. Apesar desse potencial, Márcio Bilhar alega não estar sendo chamado para as reuniões entre os pré-candidatos da base aliada do prefeito Zé Ailton Brasil. Já Lucas Brasil se distanciou de vez do grupo da oposição, depois do assassinato do suplente de vereador Erasmo Moraes. Os líderes do grupo teriam insinuado que familiares de Lucas deveriam ser investigados. Essa sugestão que não se tem confirmação oficial desagradou a Lucas Brasil.

LINKS PATROCINADOS